GASTRITE E FIBROMIALGIA
Início- Causas - GASTRITE E FIBROMIALGIA
GASTRITE E FIBROMIALGIA

                                                                                                     GASTRITE   E  FIBROMIALGIA

 

                                                                                                             O que é dispepsia? 

 

  •    Dispepsia é  dor ou desconforto no abdome superior.
  •    Na fibromialgia está muito relacionada com a falta do " protetor da parede do estômago " denominado "prostaglandina" que é inibida pelo aumento do cortisol, tão comum nessa doença. Portanto, em muitos casos não se relaciona com o excesso de produção do ácido clorídrico , o qual é inibido por omeprazol e similares. O entendimento é diferente. Temos que abaixar o cortisol.

     É denominada dispepsia funcional , sendo  um grupo de sintomas que se originam no trato gastrointestinal superior (estômago e intestino delgado superior) na ausência de qualquer causa estrutural (orgânica) ou doença metabólica que possa explicar os sintomas.

   Como você sabe, o sistema digestivo é formado por diferentes partes do corpo que trabalham juntas para realizar a digestão necessária. Em suma, a comida é engolida pela boca, atinge o esôfago e depois para o estômago, onde a comida começa a digerir. Subsequentemente, a comida viaja através do intestino delgado, onde os nutrientes são absorvidos e, finalmente, passa para o intestino grosso, onde a água e os eletrólitos são absorvidos.

   A dispepsia é uma condição comum que pode ocorrer quando o organismo tem dificuldade em digerir os alimentos, sendo um distúrbio comum que afeta até 30% dos fibromiálgicos.

   A dispepsia engloba qualquer distúrbio de secreção, motilidade gastrointestinal ou sensibilidade gástrica que perturba a digestão.   Os sintomas podem ser dor, mal-estar, sensação de peso após a refeição ou uma sensação de plenitude localizada na parte superior do abdômen.

   O inconveniente geralmente aparece em caso de refeições abundantes , comidas muito apimentadas ou picantes, em cafés, bebidas carbonatadas e quando consumimos álcool ou tabaco . Estresse, ansiedade ou depressão também podem favorecer o surgimento de dispepsia.

   A dispepsia não costuma ser um sinal de doença grave, mas é aconselhável mudar a dieta comendo moderadamente, várias vezes ao dia, e abstendo-se do álcool. E, claro, é sempre uma boa ideia consultar o seu médico de confiança.